top of page

Como morar em Portugal. O guia definitivo.

Atualizado: 22 de abr.

Você está vendo um monte de gente de mudança para Portugal, mas não sabe o que é preciso para migrar para terras lusitanas? Então esse post é para você.


A primeira coisa que você precisa saber é que mudar para Portugal não é apenas para quem tem nacionalidade europeia ou para quem é rico.


A verdade é que 99% dos brasileiros tem a chance de viver em Portugal legalmente. Mas calma, antes de entrar no avião de mala e cuia, você precisa entender que precisará investir dinheiro nesse projeto e enfrentar algumas burocracias, mas como um bom planejamento você pode realizar esse sonho.


Então vamos descobrir os passos necessários para isso?


1º passo. Descobrir o visto de residência em que se encaixa.


São mais de 7 vistos de residências possíveis para você vir morar em Portugal dentro da legalidade e com certeza você vai se encaixar em algum.


Se você encontrar um trabalho antes de vir para Portugal, você pode solicitar o visto D1, D2 ou D3. O que dá direito a esses vistos é efetivamente conseguir um trabalho ou uma promessa de contrato de trabalho antes da mudança. Pode parecer difícil, mas a realidade que em Portugal falta todo tipo de mão de obra e muitas empresas optam por buscar seus novos funcionários no Brasil, pela facilidade da língua e pela proximidade cultural. Em algumas áreas isso pode ser mais fácil, em outras mais difícil, por isso, pesquise para saber como funciona na sua área de interesse.


Agora, se você não pretende buscar trabalho aqui, porque tem rendimentos passivos, pode optar pelo Visto D7 e viver aqui com esses rendimentos, se trabalha em home office, pode optar pelo visto de nômade digital.


Se corre nas suas veias o sangue do empreendedor, saiba que também há um visto para você.O visto D2 é destinado para pessoas que pretendam abrir um negócio em Portugal.


Além dessas opções, você ainda pode obter um visto de estudante, caso pretenda estudar em um curso de duração superior a um ano em uma instituição portuguesa.


Agora, se você não se encaixa em nenhuma dessas situações, e simplemente quer vir para Portugal em busca de novas oportunidades, você pode solicitar um visto de busca de trabalho, que é um visto pouco burocrático e fácil de se obter. Esse visto permite que você venha para Portugal e procure um trabalho por 120 dias, se conseguir terá direito a residir em Portugal. Fácil, né?


Se você já sabe o visto que pretende e quer nossa assessoria para ajudá-lo com isso, clique aqui e solicite o seu orçamento.


Se ainda não sabe o visto que pretende, clique aqui e nos envie pelo direct do Instagram a palavra Visto Certo, responda algumas perguntas e em menos de 3 minutos, vamos sugerir um visto para você.


2º passo. Descubra o investimento necessário.


Ultrapassada a questão do visto, o próximo passo é descobrir o investimento necessário para realizar essa mudança. Para calcular isso, você precisará entender os requisitos financeiros do tipo de visto que pretenda, e juntar uma poupança para se manter nos primeiros meses de vida aqui em Portugal. O ideal é vir com dinheiro para pelo menos os 6 primeiros meses de vida em Portugal, para isso, você precisará saber qual o seu custo de vida mensal por aqui. Se você quer ajuda com isso, clique aqui e conheça nossa calculadora de custo de vida.


3º passo. Agora que você já sabe o visto que é possível para você e o investimento necessário, hora de organizar tudo isso para começar a lidar com as burocracias. Para isso, você precisará fazer um bom planejamento migratório, definindo a data de quando é viável fazer essa mudança e depois dividir as tarefas em pequenas ações fazendo um cronograma de trás para frente, dessa forma, você não se enrola com prazos e nem perde dinheiro por fazer as coisas na ordem errada. Lembre-se para fazer um bom planejamento migratório é importante reunir informações de qualidade e de preferência em órgãos oficiais. Se quer ajuda técnica especializada em todo esse processo, a LivingPorto pode te ajudar. Clique aqui e peça uma proposta no nosso serviço Planejar, Chegar e Morar agora mesmo e descubra como.



Agora vem a dica de ouro!


Muita gente para de ler as informações por aqui, achando que já sabe como fazer essa mudança, mas a realidade é que para fazer essa mudança com segurança, você precisa pensar na questão da sua moradia em Portugal antes de sair do Brasil. Isso porque Portugal vive uma crise na habitação e por isso, conseguir um imóvel para alugar é bem complicado. Não esqueça de prever essa questão no seu planejamento e se quer chegar aqui em Portugal com essa questão resolvida também, pode contar com o plano Chegar e Morar. Optando por essa assessoria, resolveremos a questão da sua moradia por aqui para você chegar com tudo pronto. Com segurança, praticidade e economia, afinal nossos serviços custam menos que 1 mês de hotel ou AirBnb. Não acredita? Então, clique aqui e receba agora uma proposta desse serviço.


Esperamos te ver em breve em Portugal.



9.301 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Como é morar na Guarda.

INFORMAÇÕES DA CIDADE Guarda é conhecida com a cidade dos 5 Fs - Fria, Farta, Forte, Fiel e Formosa. Isso por si só, já define bem o local e dá vontade de conhecer, né?. Implantada na paisagem montanh

2 Comments


Sendo viúva de um cidadão português facilita minha mudança?

Like
Replying to

Pode facilitar bastante se você solicitar sua nacionalidade portuguesa por casamento. Você pode pedi-la se casou antes de 03 de outubro de 1981 e o casamento tenha durado pelo menos 6 anos.. Entre em contato conosco para estudarmos a melhor estratégia de migração para você.

Like
bottom of page